Monthly Archives: September 2015

[Aquário] Quanto menor melhor ?

-molinesias-02

Foto acima: Molinésia (O famoso peixinho dourado e sempre presente nos primeiros aquários…)

Uma das maiores ciladas que podemos nos deparar no mundo dos aquários é essa frase: “Vou montar um aquário, mas, quanto menor ele for, melhor…fica mais fácil de limpar…”;
Nem sempre um aquário de pequeno porte trará facilidades para o criador, muito pelo contrário, se num aquário maior e bem projetado você pode, por exemplo, ficar até duas semanas sem fazer uma TPA (Troca Parcial de Água), sifonar o fundo, limpar os elementos filtrantes, em um aquário, de por exemplo, 10 Litros, você precisaria efetuar tais manutenções de até 3 vezes por semana.

Em uma determinada época, cheguei a ter quatro aquários em casa (O menor tinha 100 Litros). Meus amigos e familiares chegavam e falavam “Meu deus, você deve ficar o dia inteiro limpando esses aquários…”, imaginando eu desmontando todos, limpando, passando peixe pra cá e pra lá…Isso eu faria se tivesse quatro carros kkkk.

E qual o tamanho ideal para começar ?

Geralmente quando pretendemos montar um aquário, a primeira dúvida que surge é o que colocar e o que criar. Ou então, como aconteceu comigo algumas vezes este ano, é o Pai ou a Mãe tentando estimular seu filho a criar algum bicho de estimação, afinal isso ajuda a criança em diversas áreas de desenvolvimento.
As vezes também, a própria criança toma partido e pede para os pais, ou então aparece com uma “beteira” ou algo do tipo que ganhou na escola ou de alguma festa do(a) amiguinho(a).

No caso dessas “heranças”, geralmente a criança, ou até mesmo nós adultos ganhamos Beta, pois não precisam de bombas e procedimentos mais elaborados (Veja o porquê disso aqui).
A dica é: Passar em uma loja e comprar, pelo menos, um aquário maior. Pois sabemos que eles sempre chegam em “beteiras” minúsculas, as vezes o animal fica estático e mal consegue se mexer.
Já que estamos na loja, vamos gastar um pouco mais e já montar o kit do primeiro aquário?

Um kit básico, envolve alguns itens primordiais para o primeiro aquário, vamos lá:

  • Aquário: No mínimo um de 40 Litros (Ex.: 30cm (Cumprimento) x 40cm (Altura) x 30cm (Largura));
  • Teste de PH;
  • Tamponador ácido ou alcalino (Acidificante – Alcalinizante)
  • Condicionadores de Água (Exemplo: AquaSafe);
  • Um pequeno Termostato (Aquecedor) para dias mais frios;
  • Um Pequeno filtro (Dica sobre filtros Aqui);
  • 5 à 7 KG de pedra de Rio;
  • Alguns enfeites são bem vindos, mas, sem exagero;

O PH é o potencial da água em ser ácida, alcalina ou neutra. Sendo assim, o teste irá auxiliar em saber como está a sua água. Isso serve para a água ser compatível com a espécie que você pretende criar. Com relação ao Beta, este vive em água neutra (pH 7.0). Neste Link explico como efetuar o teste de PH

Os condicionares auxiliam na qualidade da água (Cloro, Metais Pesados etc) que são ofensivos aos peixes, esses condicionares eliminam tais metais, tornando a água em condições perfeitas para o novo habitante.

O termostato serve para controlar a temperatura da água, no caso do Beta, a temperatura ideal fica entre 26º e 27º. Em dias mais frios, ele mantem tal temperatura, evitando doenças como já citadas aqui.

Lembrando que, o aquário de 40L já pode ser considerado um aquário que passa por ciclos, que sofre alterações biológicas e que deve respeitar alguns procedimentos, como por exemplo, a ciclagem. Portanto, nem pense em “jogar” nenhuma espécie na primeira semana.

Caso seja uma escolha própria, ou seja, partiu de você ou de alguém da sua família criar, aconselho, de verdade, um aquário de 80 Litros.
Com este aquário, você consegue tranquilamente colocar as espécies mais comuns do mercado (Acarás, Coridoras, Paulistinhas, Neon etc etc etc);
O procedimento de montagem é o mesmo (Respeitando o novo tamanho), você terá um aquário maior, vai conseguir dimensiona-lo, caso não consiga limpá-lo em uma determinada semana, o próprio sistema e a própria biologia conseguirá te ajudar na manutenção. Com um sistema bem equilibrado, seu animal poderá ficar até dois dias sem precisar ser alimentado (As vezes aquela viagem de emergência que sempre acontece), isso não serve como desculpa para outros casos, claro!

Portanto, neste caso, quanto maior, melhor! Enquanto num aquário de 10 litros, você de fato precisará desmontá-lo inteiro. Num aquário um pouco maior não, você simplesmente fará manutenções periódicas.

Então, fica aqui a dica e até breve.

Carlos Roberto.